UM EVENTO DE 2 DIAS
QUE VOCÊ NÃO IRÁ
QUERER PERDER!

No Parque Urbano de Sever do Vouga.
Delicie-se, prove, conheça, saboreie,
experimente e divirta-se com o Mirtilo de Sever
do Vouga, o Fruto da Juventude.
A entrada é gratuita!

pt

/

en

/

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Feira Nacional do Mirtilo - 26 e 27 de junho em Sever do Vouga

A Feira Nacional do Mirtilo está de volta!
No último fim-de-semana de junho, dias 26 e 27, Sever do Vouga volta a acolher a Feira Nacional do Mirtilo. Este ano, em formato mais reduzido devido às restrições devido à pandemia e com todas as normas de segurança em vigor, mas com a qualidade do fruto e seus derivados que a Capital do Mirtilo já nos habituou! Esperamos por si!

Visite a Feira em segurança

A Feira Nacional do Mirtilo irá cumprir todas as normas de segurança determinadas pela Direção-Geral de Saúde.
O uso de máscara é obrigatório em todo o recinto, sendo também obrigatória a desinfeção das mãos à entrada. Os visitantes devem manter o distanciamento social e circular pelos corredores assinalados no recinto da Feira.
Venha saborear a qualidade do mirtilo de Sever do Vouga e seus derivados, com toda a segurança!

Apanha do mirtilo gratuita para toda a família

A organização volta a promover a “Apanha do Mirtilo”, uma atividade destinada a toda a família.
A “Apanha do Mirtilo” vai decorrer nos dias 26 e 27, às 11 e às 17 horas, no Campo Experimental de Pequenos Frutos. A atividade é de participação gratuita, mas sujeita a inscrição prévia e com lugares limitados.
Os participantes podem experienciar o modo como se colhe mirtilos, sob a orientação de um técnico. No final podem levar para casa o fruto apanhado, a um valor mais baixo que o praticado no mercado.
As inscrições podem ser feitas para o e-mail geral@feiradomirtilo.pt, indicando nome, número de participantes, data e hora pretendidos e contacto.

13ª “Feira Nacional do Mirtilo” realiza-se a 26 e 27 de junho num formato adaptado à pandemia

A Feira Nacional do Mirtilo está de regresso ao Parque Urbano da Vila de Sever do Vouga nos dias 26 e 27 de junho, num formato adaptado à realidade em que vivemos, numa organização do Município de Sever do Vouga.
A 13ª edição deste evento terá uma dinâmica diferente das anteriores por forma a cumprir todas as normas aconselhadas pela DGS. Assim, a edição de 2021 irá decorrer apenas durante o último fim-de-semana de junho, funcionando entre as 10 e as 20 horas. A entrada é livre, mas controlada para segurança de todos os visitantes. O uso de máscara será obrigatório, bem como a higienização das mãos à entrada e o cumprimento dos circuitos para circulação definidos pela organização.
Como habitualmente, o visitante poderá adquirir e degustar o delicioso mirtilo de Sever do Vouga e todos os seus derivados tais como compotas, licores, doces, gelados, infusões, entre outras iguarias, das duas dezenas de expositores.
Este ano, a Feira Nacional do Mirtilo irá conjugar a componente presencial do evento com atividades online. Por forma a evitar concentrações de visitantes, a organização retirou do programa a animação noturna e optou por animação de rua pelo espaço do evento e pelo centro da vila. Por questões de segurança, não haverá a área infantil e os showcookings e as palestras técnicas serão realizadas em formato online. Uma das atividades que se mantém é a apanha do mirtilo cujas inscrições serão limitadas.
Nesta 13ª edição, a Câmara Municipal de Sever do Vouga optou por convidar para expositores apenas produtores e artesãos do concelho. Atenta às dificuldades que a pandemia provocou também nestas áreas de atividade, o município entendeu não cobrar este ano qualquer valor aos expositores. Outra ferramenta que o Município está a desenvolver para apoiar produtores de mirtilos e artesãos do concelho passa por uma plataforma online onde estes poderão colocar os seus produtos à venda, disponível em www.capitaldomirtilo.pt.
Para António Coutinho, Presidente da Câmara Municipal de Sever do Vouga, era imperativo para a nossa economia local voltar-se a realizar esta feira nacional, embora num formato mais reduzido e mais limitado devido à pandemia. O edil refere ainda que a câmara está na linha da frente no apoio aos produtores locais e a isenção das taxas de ocupação é um sinal claro desta política do seu executivo.
Dias 26 e 27 de junho, a Capital do Mirtilo terá ao dispor do visitante o fruto e derivados com a qualidade de sempre e em total segurança.

ORGANIZAÇÃO

APOIO

COLABORAÇÃO